Stavanger – as nossas dicas para a vossa visita

Está um dia típico em Stavanger, chuva e vento, mesmo sendo verão. Quem cá vive já nem pestaneja para este tipo de tempo, diz-se por cá que “Não há mau tempo, só há más roupas” e tempo nenhum impede os Noruegueses de aproveitar o seu dia. Mesmo estando cá há 7 anos, ainda não me habituei a isso, e portanto estou em casa a “kos meg” e a beber um café enquanto escrevo. “Kos” é uma das minhas palavras favoritas em Norueguês mas não tem tradução literal, é um pouco como a nossa “saudade”. “Kos” é um sentimento de divertimento mas ao mesmo tempo de algo acolhedor. Uma imagem bem “kos” é estar à frente da lareira numa cabana na montanha vendo nevar pela janela.

Nós pedimos que nos dessem dicas sobre os sítios que vamos visitar e estas são as nossas dicas para quem quiser visitar Stavanger. Nós estaremos por cá mas lembrem-se que só em 2016.

Começa por passear no centro de Stavanger, vagueia pelas ruas empedradas só para pedrestres e anda pela Gamle Stavager, a cidade velha onde parece que estás a passear entre casas de bonecas em tamanho real. Depois, compra uma porção de camarões directamente aos barcos de pesca e senta-te a comê-los à beira de água. Garanto que são deliciosos.

Stavanger Center

Centro de Stavanger

Quando precisares de uma pausa de tanto andar vai até ao Kanelsnurren, um café/pastelaria que vende o bolo com o mesmo nome. É um bolo de canela tradicional local, não demasiado doce e perfeito para acompanhar um chá ou café para aquecer.

Kanelsnurr

Kanelsnurr

No dia seguinte visita o fiorde de Lyse, onde encontras um dos marcos da região, a Prekestolen ou Pedra Púlpito, chamada assim pela sua forma. Podes fazer uma viagem de barco e ver a pedra a 600 metros de altura ou acompanhar os locais numa caminhada até ao cimo. Demora aproximadamente quatro horas a ir e voltar mas a vista no topo vale a pena.Prekestolen

Os Noruegueses são um povo extremamente ligado à natureza e actividades ao ar livre fazem parte da rotina; passeios de bicicleta, desportos de inverno e caminhadas nas montanhas são actividades comuns ao fim de semana. Mesmo vivendo no centro da cidade há múltiplas opções para passeios na natureza.

 

 

Prekestolen, a Pedra Púlpito

 View from Prekestolen 2 View from Prekestolen 1

    A vista no cimo da Pedra Púlpito

Se gostaste da caminhada e queres ir mais além então vai até ao Kjerag, uma pedra presa entre dois penhascos a 1.000 metros de altura. Os base jumpers saltam daqui e esta caminhada está a tornar-se cada vez mais popular. Demora cerca de seis horas a ir e voltar e vais ter ainda o desafio de ficar em cima da pedra quando chegares ao topo.

Kjerag View from Kjerag

Kjerag e a vista do topo

O verão é também a altura ideal para ver as quedas de água. A neve derrete e desce pelas montanhas criando imagens espectaculares nas quedas de água. Tira um dia para viajares para norte de Stanager e ver a fúria e a beleza natural de quedas de água como Furebergfossen e Langfossen. Garanto que não te vais arrepender.

Furebergfossen

Furebergfossen

Langfossen

Langfossen

Se preferes um dia mais relaxante, e assumindo que o tempo o vai permitir, podes aproveitar para passar um dia numa das muitas praias de areia branca que existem nos arredores de Stavanger. Apesar de não ser muito divulgado a costa oeste da Noruega tem praias espectaculares tanto para estar refastelado, como para surf ou kitesurf. Como o tempo raramente ajuda, passar um dia na praia é um evento especial por estas partes!

 Sola

Praia de Sola

No final do dia vai jantar a Stavanger, a cidade tem imensos restaurantes de comida local e internacional e ao fim de semana enche-se de vida. O melhor é fazer reserva antecipada. Aconselho-te a experimentar os hamburgueres no Døgnvill, os pratos locais no Phileas Fog ou uma experiência um pouco mais refinada no Renaa Matbaren. Há muitas opções para todos os gostos e preços.

Apesar de o verão ser a altura favorita de muitos para visitar Stavanger, com cruzeiros a chegar quase todos os dias e com mais de 20 horas de luz, o inverno é a minha estação favorita. É nesta altura que podes realmente viver o “kos”. Se escolheres vir a Stavanger no inverno não podes deixar de visitar Sirdal, a zona de montanha mais próxima. Aqui podes passar os dias a fazer ski ou passeios em skis de cross-country por trilhos demarcados.

Se isto não é para ti então podes fazer um boneco de neve ou fazer um passeio de trenó com huskies.

     Snowman dog Slay

Actividades em Sirdal

Há actividades para todos os gostos e só a experiência de passar uns dias numa cabana na montanha vale a pena. Prometo que não vais esquecer as paisagens de neve e os lagos gelados. O silêncio depois de uma noite de nevão é apaziguador e sair da cabana na manhã seguinte é uma experiência de que sempre te irás lembrar.

     Sirdal 1 Sirdal 2

Paisagem em Sirdal

E podes ainda ter a sorte de ver uma aurora boreal. Apesar de estar bastante a Sul, Stavanger ainda está na zona onde é possível ver as Luzes do Norte. Procura uma zona muito escura, na montanha ou mais perto da cidade e espera, pode ser que tenhas esta experiência também. Como vês nós ainda não temos fotos, ainda está na nossa Bucket list.

Advertisements

5 thoughts on “Stavanger – as nossas dicas para a vossa visita

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s